sábado, 24 de Maio de 2014

Rugelach - uma mistura de bolinhos com croissant


Faço parte de um grupo no facebook que se chama Dorie às sextas em que 2 vezes por mês é escolhido uma receita do livro "Baking" da Dorie Greenspan e publicado no grupo.Nunca participei umas vezes porque me esquecia outras por falta de tempo ou simplesmente porque não me apetecia fazer nada nesses dias, mas gosto de ir ver as participações. Desta vez não resisti pois a receita para fazer era daquelas que tinha muita curiosidade, arranjei tempo,disponibilidade e meti mão à obra.


A receita não é nada complicada, talvez por ter ali alguns procedimentos a seguir, sempre achei que era algo difícil. 
Estava tão ansiosa de provar os tais bolinhos que toca a colocar o tabuleiro com os bolos no  forno sem ter posto a cobertura, mas não foi por isso que se deixou de comer. Assim que saíram do forno e arrefeceram um pouco, foram literalmente atacados por mim e pelo marido, ehehehehe metade deles,  puf desapareceram num ápice. Vale a pena fazer, a massa é super levezinha e o recheio ai, ai de comer e chorar por mais.



Vamos então à receita:


Massa:



115gr de queijo creme frio cortado em 4 pedaços

115gr de manteiga sem sal fria cortada em 4 pedaços
1 chávena de farinha( aproximadamente 130gr a 150gr)  
1/4 de colher de chá de sal


Recheio:

2/3 de chávena de compota de framboesa ou alperce ou laranja
2c de sopa de açúcar
1/2 c de chá de canela em pó
1/4 de chávena de nozes em pedaços( pode utilizar pecans ou amêndoas)
1/4 de passas húmida- utilizei arando secos, não tinha passas.
115gr de chocolate preto  picado ou pepitas de chocolate

Cobertura:
1 ovo grande
2c de chá de água fria
2c de sopa de açúcar


Para a massa:

Pesar e cortar a manteiga e o queijo e deixar repousar na bancada por uns 10m  para ficar amolecido mas ainda frio.
Colocar no liquidificador ou robot de cozinha a farinha e o sal depois adicione a manteiga e o queijo creme e dê entre 6 a 10 toques( no caso da bimby eu fui tocando no botão turbo, mais ou menos umas 7 vezes), com uma colher vá raspando os lados da tigela entre os toques até a massa estar toda misturada em pedaços grandes mas sem fazer uma bola. Colocar a massa num tigela formar uma bola e dividi-la em duas.Dê a forma de um disco a cada metade, embrulhe em papel vegetal e leve ao frigorífico por duas horas, ou um dia ou congele para utilizar quando quiser.

Para o recheio:

Leve ao lume brando a compota de framboesa aqueça até ela estar liquida.
Misturar o açúcar e  canela numa tigela, pesar as nozes, as passas e o chocolate e reservar em taças.
Forrar 1 ou 2 tabuleiros com papel vegetal.

Para formar os bolos:

Pré-aqueça o forno a 175 graus.
Retire um dos discos do frio e se a massa estiver muito rija deixar por 10m para amolecer.Esticar a massa numa superfície polvilhada de farinha dando a forma de um circulo entre 28 a 30cm. Pincele a massa com uma camada fina do doce, polvilhe o circulo com metade do açúcar e canela, metade das nozes, metade das passas e metade do chocolate, cobrir a superfície com papel vegetal e pressionar suavemente o recheio sobre a massa.Guarde o papel para o próximo disco de massa.Com um cortador de pizza ou faca afiada, corte o circulo em 16 triângulos compridos.Para ser mais fácil corte a massa em quatro e cada quarto em triângulos.Começando na base de cada triângulo comece a enrolar de modo a que a mesma pareça um pequeno croissant. Coloque os bolos no tabuleiro e leve ao frio por 30m. Um então de um dia para o outro, ou congele e faça quando lhe vier aquela vontade de um doce. :) 
Repita todo o processo para o outro disco de massa.

Para a cobertura:

Misturar o ovo com a água e pincelar cada bolo com a misturar.Polvilhar com o açúcar.

Cozer o bolos entre 20 a 25m. Os bolos estão prontos quando estiverem inchados e dourados.Transferir para uma rede ou grelha e deixar arrefecer, se conseguirem. ahahahahah!





Hoje é dia de falar das nozes, esse fruto seco tão apreciado.


Nozes:



Fruto seco com origem na Ásia a nogueira  pode durar 400 anos, puxa tantos, fiquei impressionada.



Tem um  sabor ligeiramente amargo e é altamente nutritivo, com um alto teor energético, por isso não se deve abusar no seu consumo, como todos os frutos secos.



Propriedades:



São ricas em gordura, sendo 86% dessa gordura insaturada, aquela não faz mal ao terrível colesterol.

Estamos a falar do omega-6, e omega-3, os primeiros reduzem os níveis de colesterol, ajudam na formação do tecido nervoso e na produção de anticorpos.Já os segundos reduzem também os niveis de colesterol, os triglicéridos no sangue, funciona como um vasodilatador.

A noz é dos frutos secos com menor quantidade de hidratos de carbono, por isso uma aliada na dieta dos diabéticos.

Ela é uma fonte de vitaminas do complexo b.Entre elas destacamos a B1; B2; B3 e B6, esta ultima encontra-se em grande quantidade, aliás é dos alimentos mais ricos nesta vitamina, só o gérmen de trigo e alguns peixes como a sardinha e salmão igualam essa quantidade.Esta vitamina é muito importante para o bom funcionamento do cérebro e na produção de globos vermelhos. Outra vitamina que encontramos na noz é a vitamina E, que é rica em antioxidante que combatem o cancro.

Rica em minerais como: fosforo, potássio; ferro; magnésio;cálcio; zinco e cobre.

Se diariamente comermos entre 5 a 7 nozes pode trazer benefícios ao nosso organismo a longo prazo como por exemplo: reduz o risco de acidentes cardiovascular; melhora o funcionamento intestinal, pulmonar, cerebral entre outros. 

Estudos demonstram que a noz pode retardar a evolução da doença de alzheimer .
Sendo uma fonte tão grande de energia ela deve ser consumida entre a manhã e a tarde.E por isso ela também é uma aliada para quem pratica exercício físico, que precisa de uma fonte de energia um pouco maior que as outras pessoas.

Curiosidade: Já alguma vez olharam para uma noz e nunca repararam que ela tem uma forma semelhante ao cérebro?

Fonte: sites:Alimentação saudável e Alexandra Cimino

sábado, 17 de Maio de 2014

A moda dos Sumos detox- Sumo de espinafres abacaxi, maçã com salsa




Só se fala destes sumos, as vedetas de televisão são fãs, existem marcas que já os vendem, é simplesmente moda ou efectivamente podem ser benéficos para a sua saúde?

Uma questão pertinente a minha, vocês não acham? Eu tenho uma opinião formada sobre estes sumos. Qual é a vossa?
Em minha opinião eles podem ser benéficos para a nossa saúde, sim senhor, como qualquer outro sumo de fruta. Agora achar que beber só o sumo o dia inteiro chega na nossa alimentação, isso está completamente errado. O sumo para mim é o complemento do pequeno almoço, isto é, o acompanhamento para uma torrada ou uma fatia de pão. Jamais ficaria satisfeita pela manhã só com o sumo. Para além disso não acho que o devemos consumir religiosamente todos os dias.Para quê, podemos consumir sumo só com fruta, o que eu quero dizer com isto, é  que não levem isto muito a sério, pois como tudo na vida tem as suas coisas boas e más, legumes crus temos de ter cuidado, por exemplo a couve( jamais utilizo), esta consumida crua com frequência faz mal à tiróide.
Os entendidos dizem que se quiserem podem substituir uma refeição( pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar ) por este sumo, isto para quem quiser perder alguns quilos. Mas só uma refeição.

Eu tenho as minhas regras quanto a este sumos:

1- Não o consumo todos os dias, só 2 a 3 vezes por semana
2- Utilizo só espinafres, agrião, rúcula, alface, jamais utilizo qualquer couve. Como podem reparar só utilizo legumes que também podemos fazer uso deles em saladas.
3- Utilizo sempre duas peças de fruta, para adocicar
4- Tenho algum cuidado nas sementes e bagas utilizadas num mesmo sumo. Não utilizo mais que dois tipos.
5-Utilizo sempre uma erva aromática( salsa, coentros, hortelã.....)
6- Em vez de água pode utilizar chá ou água de coco.
7- Utilizo em cada sumo um único ingrediente deste tipo, aipo,  gengibre ou canela
8- Não utilize açúcar, em ultimo recurso se não conseguir beber opte pelo mel.

Os benefícios que reparei desde que tomo este sumo são: mais energia, a pele com mais luminosidade e para quem sofre de prisão de ventre pode ajudar nesse sentido.Em resumo eles têm a função de desintoxicar e limpar o organismo, e eu concordo com isso. Depois de refeições mais pesadas,  das épocas festivas com exagero alimentares é uma óptima opção, aliado a uma alimentação mais à base de grelhados e cozidos.

Alguma dúvida nestes sumos e questões que queiram fazer é só contactar-me.

A receita que apresento é apenas um exemplo daquilo que pode ser um sumo detox.




Receita de Sumo de Espinafres abacaxi e maçã com salsa

1 mão cheia de espinafres
20gr de bagas de goji
15gr de sementes de linhaça
1/3 talo de aipo( mais ou menos 10gr de aipo)
1 maçã
300gr de água
130gr de abacaxi
folhas de salsa
sumo de limão( eu congelo o sumo de limão em cuvetes, e nestes sumos quando adiciono limão ponho 1 a 2 cubos congelados, neste sumo coloquei só 1)



Coloque todos os ingredientes na bimby  ou no liquidificador acrescente 100gr de água; 1m veloc.9.Acrescente a restante água e na mesma velocidade deixe mais 1m.
Está pronto para ser consumido.
Pode ser guardado durante 24h, dizem que não perde as propriedades.



E neste post vou falar-vos do aipo.

Aipo propriedades e benefícios:

O aipo também conhecido como salsão é uma verdura utilizada na culinária na confecção de sopas, saladas, peixe, molhos, empadas, empadões, sumos e estufados e chá( pode utilizar a folha também)

As suas propriedades são inúmeras entre elas destaco:   diurético, expectorante, laxante, tônico e é rico em flavonóides, vitaminas e minerais que fortalecem  as defesas imunitárias e o metabolismo.Por ser diurético o aipo elimina as toxinas acumuladas no organismo, combate o inchaço e ajuda a emagrecer. O aipo é rico em água; potássio; sódio; cálcio; fósforo; ferro e vitaminas A; B;C; K; B6; B2 e B1( puxa tanta vitamina :) )
O aipo é indicado nos tratamentos de emagrecimento; pedra na vesícula; pedra nos rins; gota; cistite; reumatismo; anemia; nefrite; hepatite; viroses; ferimentos; afonia; secreção pulmonar; disenteria; anorexia; problemas digestivos; dor de estômago; icterícia; menstruação atrasada; gases; rouquidão; diabetes; ácido urico; colesterol; artrites e psoríase.
Fonte:
Site Alimentação Saudável
Site Tua saúde





quarta-feira, 2 de Abril de 2014

Bolo de iogurte grego com farinha de milho




A Primavera deu o ar da sua graça por uns dias, mas resolveu ir para outras terras. E lá voltou aqueles dias cinzentos com chuva( muita), que eu sinceramente já estou fartinha!! Alguém diga à Primavera que ela pode voltar, não estamos zangados com ela, please!! VOOOOLLLLTTTAAAA!!
 

Afinal com estes dias assim o que apetece? Hummmmm bolinho quentinho, com chá.





Este bolo digamos que é igual a tantos outros, ou não!! Pois a diferença está  na farinha e no tipo de iogurte, acrescentando umas gramas de farinha de milho e um iogurte grego, o sabor e a textura fica logo diferente. Ficou tão fofinho e com um sabor de repetir mais e mais!! :)

Em cada post que publicar irei falar das propriedades e benefícios de um ingrediente usado na receita, nesta receita coube ao milho ser o rei da festa.

Breve descrição das propriedades do milho:

Tem excelentes qualidades nutricionais, é uma  fonte de proteínas; hidratos de carbono ; vitaminas A, B, E, B1,B5, ácido fólico; magnésio; fósforo; ácidos graxos essenciais( as gorduras boa);fibra.

Como é um cereal  é excelente para nos dar energia, uma vez que os seus hidratos de carbono são complexos, eles ajudam a sentirmos saciados por mais tempo e não sentimos a falta dos doces.

Previne doenças cardíacas , pois reduz os níveis de colesterol, ajuda na hipertensão e na diabetes. As fibras ajudam no transito intestinal, em problemas digestivos e hemorroidas. Não contém glúten, torna-se assim um aliado para os celíacos.
É ótimo na memória devido à vitamina B1, sendo recomendado no tratamento de  Alzheimer.
Na beleza ele também é um aliado pois devido à vitamina A ele trás mais brilho e vitalidade à pele, unhas e cabelo. Esta vitamina é boa para o bom funcionamento dos pulmões.

Dica: Compre o milho congelado e não enlatado. Este último é rico em sódio( sal) e pobre nos nutrientes. Existe também óleo de milho. Procure sempre os produtos com milho biológico.
Utilize em saladas, bolos, pães, bolachas.

Curiosidade: Nos EUA é utilizado para a produção de biocombustível.

Fonte: Sua Dieta, outra medicina e Sua pesquisa

Ingredientes:

150gr de farinha para bolos
80gr de farinha de milho
4 ovos
150gr de margarina ou manteiga
125gr de iogurte grego( usei de stracciatella)
170gr de açúcar
1c de chá de baunilha

Bimby

Pré aqueça o forno a 180º. Unte uma forma e reserve.
Bata as claras por 4m na velocidade 3,5. Retire e reserve.
Lave o copo e deite o açúcar e a margarina, bata durante 4m veloc.4. Com a bimby em andamento na veloc. 3 vá adicionando as gemas de seguida o iogurte e deixe bater por 50seg. na veloc.4.Misture o fermento as farinhas e deite no copo juntamente com a baunilha, bata por mais 50 seg na veloc.4. Coloque a borboleta, deite as claras e bata por 40 seg. na veloc.4.
Deite a massa na forma e leve ao forno. Vá fazendo o teste do palito.
Quando estiver cozido retire desenforme e deixe arrefecer.





Tradicional

Pré aqueça o forno a 180º. Unte uma forma e reserve.
Bata as claras até ficar em castelo. Reserve.

Num recipiente bata muito bem o açúcar e a margarina, até ficar esbranquiçado. Com a batedeira ligada adicione as gemas uma a uma e bata até estarem todas incorporadas. Adicione o iogurte e bata mais um pouco.Misture o fermento às farinhas , e com a batedeira sempre ligada vá adicionando aos poucos a farinha, adicione também a baunilha. Bata até estar uma massa homogénea. Incorpore as claras devagar e bata na numa velocidade menor, até estarem bem incorporadas.
Deite a massa na forma e leve ao forno. Vá fazendo o teste do palito.
Quando estiver cozido retire desenforme e deixe arrefecer.

Vamos lá atacar uma fatia deste bolo. :)

Inspiração vinda do Blog No Soup for You e Sabores de Canela

segunda-feira, 9 de Setembro de 2013

Regresso com um sumo de Laranja, pêssego e gengibre



O tempo passa a correr e sem dar conta disso já está quase a fazer um ano que nada publico.
Nada de grave aconteceu, simplesmente acontecem coisas na vida que nos fazem ficar sem vontade para aquilo que nos dá prazer.Mas como tudo na vida são momentos, etapas que temos de passar para ficarmos mais ricos como pessoas e percebermos que tudo acontece não é por acaso.Se existem momentos maus nas nossas vidas eles servem para compreendermos que algo tem de mudar, que o rumo que estamos a seguir não é o correto, que o caminho não é esse. Perceber isso é difícil e eu tenho a certeza que a maior parte das pessoas em vez de perceberem o porquê das coisas e alterar o seu rumo não, queixam-se de tudo e de todos e ficam na vida exactamente da mesma forma sem mudarem nada,em elas próprias.
 O auto conhecimento é algo que nem todos conseguimos fazer, olhar para dentro de nós e percebermos as nossas virtudes é fácil, mas percebermos os nossos próprios defeitos isso, xiiiiii....... é difícil.Quando conseguimos vê-los e muda-los alcançamos sem dúvida parte da nossa felicidade.

Felizes aqueles que conseguem perceber os seus defeitos e mudar para se tornarem pessoas mais lindas por dentro.

Agora vamos à nossa receita, pois o calor que se tem sentido este verão pede coisas frescas como este sumo.Confesso que este verão é bem do meu agrado, caaaaallllooorrrrrrrrrr. :)







Ingredientes:

sumo de 6  laranjas
2 pêssegos 
1 pedaço pequeno de raiz de gengibre
150ml de água fresca
pedras de gelo a gosto
açúcar a gosto( não coloquei) 

Bimby

Coloque no copo os pêssegos, o gengibre curtado em pequenos pedaços, a água e o açúcar , programe 1m veloc.9.  Deite o sumo de laranja e programe mais 1m. No final deite para um jarro e coloque pedras de gelo.


Tradicional

Proceda da mesma forma utilizando um liquidificador.




segunda-feira, 15 de Outubro de 2012

Coulant de alfarroba e um jantar especial


Um dia especial tinha começado, pela amanhã abro a janela do quarto esperguiço-me ao mesmo tempo que sinto os raios solares na minha pele.O sorriso envade os meus lábios, estava tudo combinado com as outras seis meninas.Um jantar de amigas que partilham a mesma paixão a culinária!Mas este jantar é sem dúvida muito especial, será num lugar cheio de comida maravilhosa e para além disso a dona é uma pessoa de um grande coração.Eu tive o privilégio de a conhecer à uns anos atrás e que até hoje continuo a ter a sua amizade.Sinto-me uma sortuda! :)
As sete meninas andavam a combinar este jantar à já algum tempo, cada uma escolheu um prato e a ementa foi aparecendo aos poucos, e só vos digo que ficou um jantar digno de rainhas, nós claro!


Já estão com alguma curiosidade em saber onde foi o jantar, não é verdade?!! Pois bem  O Chocolate e Caju; A Marmita; O Bolo da Tia Rosa; Ananás e Hortelã; A Alice na Cozinha Maravilha; A Oficina das Papitas e Intrusa na cozinha juntaram-se todas na maior galhofa, conversa risada e lá foram elas jantar ao Sabores de Canela, a ementa essa foi a que se segue!!

Entradas (Alice na Cozinha Maravilha)

Pão (Ananás e Hortelã)


Sopa (Bolo da Tia Rosa)


Peixe (Intrusa na Cozinha)


Carne (As Papitas)


Bebidas (Marmita)
 

Sobremesa (Chocolate e Cajú)

Coulant de alfarroba

 
Aposto que ao lerem a ementa ficaram com água na boca!!!! :)
Fica aqui a receita da sobremesa!
 

Ingredientes:
 
20 g de farinha de alfarroba
150 g de chocolate negro
130 g de manteiga
4 ovos
2 gemas
80gr de açúcar-( coloquei 60gr)
5gr de farinha de trigo-(coloquei 10gr)

Pré-aqueça o forno a 190 ºC. Num recepiente derreta o chocolate em banho-maria, junte a manteiga e misture bem.

Adicione as gemas, os ovos e o açúcar, bata bem até ficar esbranquiçado . Junte a mistura do chocolate às gemas, envolvendo muito bem Adicione a farinha de alfarroba e a farinha de trigo, bata um pouco até a mesma estar bem incorporada.

Unte as formas de metal com um pouco de margarina. Encha as mesmas com o preparado.

Leve ao forno, para cozer durante 5 minutos.Não deixe cozer demasiado, o interior deverá ficar liquido. Sirva quente, com uma bola de gelado.

Fonte: Blog Sabores de Canela

segunda-feira, 27 de Agosto de 2012

Sumo de frutos silvestres com mangericão



Acordo ansiosa, o dia vai ser diferente do habitual.Encontrar velhas amizades e conhecer outras pessoas é tão gratificante para mim.
Todas as pessoas que cruzam o nosso caminho, têm algo para nos ensinar, algo a dar-nos, nem que seja só a sua amizade sincera.

Partilhar conhecimentos, nem todas as pessoas o fazem, a maior parte delas tem medo que os outros sejam melhores que elas. Já outras pensam exactamente o contrário, será um desafio para melhorarem o seu trabalho.Estas ultimas têm a minha admiração incondicional! 

Estar disposto a aprender nem todos estão para isso, dá trabalho. Na minha opinião a vida tem de ser feita de desafios, desafios esses que nós próprios podemos impor-nos a ultrapassar. 

Este fim de semana tive o privilégio de fazer parte de um grupo de pessoas que foram adquirir  conhecimentos, numa área tão vasta como é a fotografia! Um dia que jamais irei esquecer.

Desde a minha infância que ouço esta frase: "O saber não ocupa lugar". Estou 100% de acordo!
A valorização das pessoas começa exactamente nos conhecimentos que elas ao longo dos anos adquirem.Uma pessoa que não se interessa por aprender, é igual a uma laranja seca.

 Nunca digam não a tudo o que vos possa valorizar, independentemente de ser numa área completamente diferente da vossa.Um dia quem sabe se não vão precisar dela!






Ingredientes:

120gr de frutos silvestres
2 folhas de mangericão
2c. de sopa de xarope de gengibre
500ml de água

Bimby

Coloque a fruta no copo da bimby com 100ml de água, as folhas de mangericão e o xarope de gengibre; 1m veloc.9.Acrescente a restante água e programe mais 1m à mesma velocidade.
Sirva com algumas pedras de gelo.

E vamos refrescar-nos com este sumo!Viva a vida; o verão e os amigos!!

Notas: O xarope de gengibre eu comprei num supermercado de produtos biológicos.


terça-feira, 21 de Agosto de 2012

Salada de salmão, rúcula e couscous

É sábado e como é habitual, levanto-me mais tarde, fico a molengar por casa.As coisas são feitas a um ritmo mais lento, como se o dia  não acabasse nunca.Almoço por casa, estou sozinha e sempre que isso acontece improviso algo rápido para a minha refeição.Esta salada foi a resultado disso, aproveito e delicio-me com salmão, um peixe que nem todos apreciam cá em casa.Sento-me à mesa e cada grafada que dou, sinto as minhas papilas gustativas a rodopiar de alegria.Acabo a refeição com uma bela fatia de melancia, outra coisa que só eu gosto cá em casa.Penso para mim, almoço bommmm. :)
A tarde começa, ando eu naquela lentidão do costume, mas as horas vão-se aproximando e tenho de acelerar mais um pouco, combinei com uns amigos um passeio a Belém.......
Ao olhar o rio Tejo, vejo um daqueles barcos de cruzeiro enormes, a deixar o nosso porto, rumo ao mar alto.Fico ali na margem do rio, com a câmara fotográfica, por uns instantes os meus pensamentos seguem o rumo do barco," Deve ser maravilhoso, um passeio neste cruzeiro, conhecer terras tão diferentes, parar em vários Portos, estar ali no meio do mar, que sensação de liberdade deve ser". Por um momento sonhei, sim sonhei, pois confesso que apesar de ser uma coisa que gostasse de fazer tenho algo medo.O medo é terrível, por causa dele deixa-se de fazer tanta coisa que gostaríamos.Quem sabe um dia encho-me de coragem e lá vou eu navegar por esses mares! 

Quem se atrevia a seguir neste cruzeiro, seja lá para onde ele for?


E agora vamos lá à receita!



Ingredientes:
( 1 pessoa)

1 lombo de salmão
uma pitada de sal picantes para grelhados da Casa da Figueira da Foz
1 alho laminado
sumo de meio limão
folhas de rúcula
30gr de couscous
Vinagrete de limão( substitua a laranja pelo limão)
1 pêssego-opcional

Tempere o salmão com o alho, o sal picante e o sumo do limão,leve a assar no forno pré-aquecido a 180ºC.Quando estiver pronto retire do forno e deixe arrefecer.
Cozinhe o couscous conforme indicação na embalagem.Deixe arrefecer.
No prato comece por colocar as folhas de rúcula, o couscous, o salmão e o pêssego. Envolva tudo e tempere com o vinagrete de limão.



segunda-feira, 6 de Agosto de 2012

Verão combina com gelado de cheesecake de morango/framboesa

O verão combina com tanta coisa, mar, sol, gelo, areia, férias, festivais,........mas chegar da praia almoçar e comer um gelado, sabe tão bem, vocês não acham?




Gelado de cheesecake de morango/framboesa

Ingredientes:

Para a calda:

100gr de framboesas
100gr de morangos
1c. de sopa de açúcar baunilhado
1c de açúcar amarelo

Para o gelado:

300gr de de leite gordo
200ml de natas
3 gemas de ovos
200gr de queijo creme
100gr de açúcar
80gr de bolachas de aveia



Bimby

Para a calda:

Coloque no copo da bimby os morangos, as framboesas e triture 6seg. veloc.5.Ligue a máquina por 8m na temperatura varoma veloc.1.

Para o Gelado:

Deite o leite no copo com o açúcar; 9m temp.100 veloc.2.Numa taça bata as gemas quando terminar junte um pouco do leite às gemas e mexa, coloque a bimby a trabalhar na veloc.3 e junte as gemas em fio.Programe 8m temp.80 veloc.2.No final adicione o queijo, 30seg. na veloc.5.Deixe arrefecer.
Bata as natas com a batedeira até engrossar mas sem ficar um chantily.Quando o creme estiver frio incorpore as natas batidas, mexa até estar tudo homogéneo.
Leve à máquina dos gelados, quando terminar faça camadas de gelado, a calda e as bolachas, repita os passos até acabar os ingredientes.Mexa um pouco antes de levar ao congelador.
Se não tiver a máquina dos gelados leve a mistura ao congelador bata a mesma pelo menos 2 a 3 vezes, quando começar a solidificar adicione a calda e as bolachas partidas aos bocados, mexa para incorporar os ingredientes.Volte a levar ao congelador.Retire do congelador uns minutos antes de servir.





Tradicional

Para a calda:

Num tacho deite os morangos, as framboesas e o açúcar, triture com a varinha mágica, leve ao lume até engrossar um pouco.

Para o gelado:

Aqueça o leite com o açúcar num tacho.Enquanto isso bata as gemas.Adicione umas colheres de leite quente às gemas e deite as mesma em fio no leite.Leve ao lume a engrossar por uns 10m. Deixe arrefecer.
Bata as natas com a batedeira até engrossarem, mas sem ficar em chantily.Quando o creme estiver frio incorpore as natas batidas, mexa até estar tudo homogéneo.
Leve à máquina dos gelados, quando terminar faça camadas de gelado, a calda e as bolachas, repita os passos até acabar os ingredientes.Mexa um pouco antes de levar ao congelador.
Se não tiver a máquina dos gelados leve a mistura ao congelador bata a mesma pelo menos 2 a 3 vezes, quando começar a solidificar adicione a calda e as bolachas partidas aos bocados, mexa para incorporar os ingredientes.Volte a levar ao congelador.Retire do congelador uns minutos antes de servir.



Fonte: Inspiração-Blog "No Soup For You"

segunda-feira, 9 de Julho de 2012

Passeio à terra da cereja e uma tarte






Existem momentos na nossa vida que jamais os vamos esquecer.Para mim este dia foi um desses momentos.
Tudo começou pela manhã, um grupo de amigos do ginásio encontram-se numa bomba de gasolina a caminho da A1, alegres e bem dispostos começa assim a viagem até à terra da cereja, Fundão, mais concretamente em Alcongosta. Ao fim de 2 horas chegámos ao destino.Impressionante, os campos estão cheios de cerejeiras, é lindo de se ver.Seguimos então para o terreno do Sr. F e L, eu ia deliciada, andar no campo apanhar fruta e comer logo, que saudades, nesses instantes as lembranças recuaram uns longos anos, durante 1 hora 30 minutos matei as saudades todas.A cada pessoa foi dado duas caixas para colocar as cerejas e antes de metermos mãos ao trabalho foi-nos explicado como se devem apanhar as cerejas, para que no ano seguinte elas voltem a nascer.Finalmente entramos no campo e cada um foi enchendo as caixas ,comendo cerejas, entre conversa e risota o tempo foi passando. Saímos dali com a bagageira do carro cheia de caixas com cerejas, além das que tínhamos apanhado o Sr. F e L ainda nos ofereceram mais 4 caixas a cada um de nós.




Dali seguimos até à Serra da Gardunha, onde pudemos ver lá do cimo a Cova da Beira.Uma paisagem linda!O Sr L conhecedor da história da zona foi-nos contando algumas curiosidades enquanto apreciávamos a bela paisagem.
A hora do almoço já chegava descemos então a Alcongosta, onde aí almoçamos um belo cabrito assado, bacalhau especial, caldo verde e como sobremesa um pudim de cereja e tarte de cereja.Um almoço delicioso e a companhia então, essa foi cinco estrelas.Momentos de alegria e boa disposição, vão ficar para sempre guardados.

Para terminar em grande este almoço, fomos tomar café no centro da vila, acompanhado de um licor de cereja e os recentes pasteis de nata de cereja. O licor esse estava divinal.Quanto aos pasteis de nata de cereja, eu gostei, tornam-se menos enjoativos e mais frescos que os normais.

O dia estava a terminar e lá viemos rumo à capital, eu vinha já a pensar no que iria fazer com tanta cereja.Algumas caixas dei, duas ficaram lá em casa e começou os meus devaneios culinários.Logo no dia seguinte saiu esta tarte e o começo de um licor de cereja rápido, a receita essa, vem mais tarde.






Tarte de amêndoa e cerejas


Ingredientes massa

300gr farinha
120g de manteiga
60 de açucar
60g de água

Ingredientes recheio

80gr de amêndoas s/ pele
3 ovos
200gr de leite
150g de açucar
450gr de cerejas s/ caroços


Bimby


Massa



No copo da Bimby coloque todos os ingredientes da massa.20seg/veloc.6
Retire e forre uma tarteira 21*31.Espalhe a massa com as mãos, pique a base com um garfo, leve ao forno por 10m.

Recheio

Coloque no copo a amêndoa, rale na veloc. 9 até ficar em farinha.
Adicione os ovos,leite,açucar, 10seg/veloc.5.
Distribua as cerejas pela base da tarte e cubra com o recheio.leve ao forno 180º por 30m.


Tradicional


Massa


Num recipiente deite a farinha, junte a água, a manteiga derretida e o açúcar, com as mãos vá juntando todos os ingredientes até tudo estar bem ligado.
Forre uma tarteira com 21*31.Espalhe a massa com as mãos, pique a base com um garfo, leve ao forno por 10m.

Recheio


No 123 deite a amêndoa e rale até ficar em farinha.Num recipiente bata os ovos com o açúcar, adicione o leite aos poucos e a amêndoas.
Distribua as cerejas pela base da tarte e cubra com o recheio.leve ao forno 180º por 30m.

Notas: A versão tradicional não foi testada
Fonte: Revista Bimby - Momentos de partilha de Julho de 2012






terça-feira, 17 de Abril de 2012

Frango com pimentos assados e rosmaninho

Há alturas do ano mais complicadas,  o inicio do ano para mim é uma delas.O trabalho exige quase toda a minha atenção, a minha energia ficando o resto um pouco de lado, à espera da minha  vontade para abraçar aquilo que gosto.

Por outro lado este ano decidi que vou mudar algumas coisas na minha vida, algo que tenho pensado muito, e como sinto que esta é a altura, o tempo disponivel é para o dedicar a essa causa.
Daí não visitar os vossos blogs, mas não me esqueci de nenhum deles.

Mas na vida passamos por várias fases, com elas aprendemos muito.Depois desta fase já terei tempo para me dedicar a outras coisas que também fazem parte da minha vida e que gosto, até lá deixo-vos esta receita de frango que ficou deliciosa.


Ingredientes:

1 frango
4 pimentos vermelhos
1 cebola
4 dentes de alho
azeite q.b
piri-piri q.b
chili em flocos
pimenta
250ml de cerveja
Rosminho q.b


Aqueça o forno a 200ºC.Coloque os pimentos cortados ao meio num tabuleiro, regue com azeite.Leve o tabuleiro ao forno perto da resistência, e ligue só o grill.( Se puder assar na brasa fica ainda melhor)
Tempere o frango com o sal, o piri-piri, o chili, a cerveja e o sal.Deixe repousar por uns 30m.
Num recipiente coloque o azeite a cebola picada e o alho picado, quando a cebola estiver translucida, junte o frango partido aos bocados.Deixe que o frango fique dourado de ambos os lados, nessa altura deite a marinada e os pimentos assados cortados em tiras e deixe cozinhar em lume médio, adicione o rosmaninho, retire do lume quando a carne estiver cozida.
Acompanhe a carne com batata assada no forno.

Bom apetite!





segunda-feira, 6 de Fevereiro de 2012

Bolo de curgete gengibre e limão

Netes dias em que o frio é o nosso companheiro nada como nos aquecermos com uma fatia de bolo acabadinho de sair do forno.
Aliás, como diz a minha querida amiga Susana e autora do livro Velocidade Colher-Entre Tachos e Bimby: "Quando a hora do lanche se esconde mesmo atrás da porta não há como uma fatia de bolo caseiro.Este é daquelas que trazem escrito "copo de leite" ou "chávena de chá" em cada migalha. 

E eu acrescento que a alma e o corpo vibram de alegria ao comer uma fatia deste bolo magnífico.




Ingredientes:

100gr de farinha de trigo integral
100gr de farinha para bolos
1 pitada de sal
1c. de chá de fermento p/ bolos
1c. de chá de bicarbonato de sódio
180gr de açúcar amarelo
casca de 1 limão só a parte amarela
10gr de gengibre fresco, descascado
250gr de curgete c/ casca
1 iogurto natural
50gr de coco
100gr de azeite
3 ovos


Bimby


Pré-aqueça o forno a 180ºC.Unte com a manteiga e polvilhe com farinha uma forma de coroa.Reserve.
Coloque no copo as farinhas, o sal, o fermento e o bicarmonato e misture 5seg./vel.5.Retire e reserve.
Pulverize o  açúcar, a casca de limão e o gengibre; 10seg/vel.9.Retire e reserve.
Junte a curgete em pedaços e pique 2seg/vel.5.
Bata o açúcar reservado com o iogurte, o coco, o azeite e os ovos 2min/vel.6.
De seguida adicione as farinhas e envolva 5seg/vel.3.Junte a curgete reservada e acabe de envolver com a espátula.
Verta a massa na forma e leve ao forno cercad e 35m.Faça o teste do palito, que deve sair seco se espetado no centro da forma.





Tradicional

Pré-aqueça o forno a 180ºC.Unte com a manteiga e polvilhe com farinha uma forma de coroa.
Rale a curgete e reserve.
Rale também o gengibre e a casca do limão para uma taça, junte os ovos e bata-os com o açúcar, o iogurte e o coco ralado.
Adicione o azeite em fio enquanto bate e depois vá peneirando as farinhas, o fermento, o bicabornato e o sal.Por fim junte a curgete ralada sem bater muito.

Verta a massa na forma e leve ao forno cercad e 35m.Faça o teste do palito, que deve sair seco se espetado no centro da forma.

Querem uma fatia?

Fonte: Livro Velocidade Colher-Entre Tachos e Bimby

segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

Iogurtes de lima ou limão e coco torrado

 Lima, limão, laranja sabores cítricos que eu adoro!!Lá por casa o nosso limoeiro presenteia-nos com uns belos limões.Este ano já vai na segunda volta, tenho dado bastantes, mas mesmo assim, fico com uma boa quantidade lá em  casa.Tenho de inventar, reinventar receitas com limão, do sumo do limão temperei uns filetes.O sumo que nestes últimos tempos tem chegado à mesa é a limonada, com mel então fica uma delicia.




Ingredientes:

810gr de leite
raspa de um limão ou lima-nestes usei lima
100gr de açúcar
2c. de sopa de leite em pó
60gr de coco ralado
1 iogurte


Bimby

Numa frigideira leve ao lume o coco ralado e a raspa de limão, deixe que o coco fique com um aspecto de torrado, mas não queimado.
No copo da bimby, deite o coco e pulverize na veloc. 9 durante alguns segundos, junte o leite em pó, o leite e o açúcar; 4m temp.50 veloc.3. Adicione o iogurte, 15seg. na veloc.3.

Abafe a bimby com mantas polares, ao fim de 10h deite o iogurte nos copos, leve ao frigorifico.Ou se tiver iogurteira, deite o preparado nos copos e coloque-os na iogurteira e deixe ficar por 8 a 10h.





Tradicional

Se não tive bimby, numa picdora 123 pique o coco.

Leve o leite ao lume com o açúcar, o leite um pó.Deixe levantar fervura.Coloque o coco e espere que fique morno.Deite nos copos e leve à iogurteira.Se não tiver aqueça o forno à temperatura de 50ºC, desligue, embrulhe os copos em mantas e coloque-os no forno.Deixe por 10h.Retire e leve ao frigorífico.


segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Feijão com legumes e caril

Numa refeição de peixe grelhado no inverno, o acompanhamento tem se ser algo que nos sacie a fome por algumas horas!! Os ingredientes, esses encontram-se fácilmente na nossa despensa.Afinal é sábado as horas estão a meu favor, sem pressas para chegar a lado nenhum, vaguear pela casa torna-se o lema nesse dia!!




Ingredientes:

250gr de feijão branco cozido
50gr de abóbora
1 cenoura média
1 alho francês
100gr de bróculos
1c. de sobremesa de caril
1c. de sobremesa de gengibre
pimenta preta moida na hora
água q.b
1 cebola
1 dente de alho
2 tomates
4c. de polpa de tomate
sal q.b
azeite q.b
uns ramos de poejos

Bimby

Coloque no copo a cebola, o alho pique uns segundos na veloc. 5 de seguida acrescente o azeite e  refogue na veloc.1 temp.varoma  durante 5m.Adicione o tomatee a polpa e programe mais 3m à mesma velocidade baixando a temperatura para 100.Junte o alho francês, a cenoura partida em cubos e os bróculos,a abóbora, o caril, a pimenta, água e o genbibre; 7m temp. 100 veloc.colher inversa.Quando terminar junte o feijão escorrido e os poejos; 5temp. varoma veloc.colher inversa.



Tradicional

Deite num recipiente de ir ao lume a cebola, o azeite  e o alho picado.Deixe refogar por uns minutos.Junte o tomate e a polpa e deixe cozinhar por uns minutos.Junte os legumes, o caril, gengibre, a água e a pimenta, deixe cozinanhar até os legumes estarem moles.Junte o  feijão e deixe apurar por uns minutos.

Bom proveito!